BLOG

Da análise à narrativa de dados

Como criar uma narrativa de dados que movimente a sua equipe na direção da estratégia certa.

narrativa de dados  

Enquanto seres humanos, estamos constantemente recebendo informações sobre o mundo ao nosso redor. Absorvemos dados que nos informam sobre o momento atual, e o que nós fazemos é costurar esses dados para transformá-los em histórias coesas para decidir como agir. Da quantidade de luz aos sons, cheiros, sabores e texturas ao nosso redor: os nossos sentidos nos ajudam a entender o contexto em que vivemos.

E, no mundo corporativo, não é diferente. Captamos informações sobre o mercado e seus consumidores para entender o contexto atual e definir estratégias de atuação.

Os dados ganham cada vez mais importância: muito se fala em big data e a importância da tomada de decisões data based. É fato que hoje em dia temos muito acesso a informações sobre os nossos clientes: desde Google Analytics, dados sobre consumo, análises de métricas em redes sociais, plataformas de gestão, ferramentas de automação e muitas outras fontes que alimentam os bancos de dados de cada organização. Isso permite às empresas uma possibilidade de leitura cada vez maior. Mas, sem saber como organizar e entender esses dados, eles se tornam inúteis.

Mais do que captar as informações, é necessário se aprofundar sobre esses dados para saber interpretá-los. E não basta apenas interpretar: é preciso também saber como comunicá-los. Os dados, quando compilados, nos dizem o que está acontecendo. Mas são as histórias que nos dizem o porquê. Ao unir essas duas ferramentas, as empresas podem gerar grandes mudanças!

Um fluxo claro transforma uma coleção de fatos em uma narrativa convincente. Ele os une em uma estrutura que faça sentido e ajuda a compreender o que está acontecendo de uma forma mais profunda. Do início ao fim, uma história transita por uma série de eventos e permite entender as relações de causa e efeito entre cada um deles.

Histórias são excelentes ferramentas para conservar e transmitir conhecimento entre pessoas. Não é a toa que contamos histórias há tanto tempo!

 

Cultura Data Driven

Uma cultura organizacional “dirigida por dados” facilita as tomadas de decisões nas organizações. Disseminada pelo Vale do Silício há bastante tempo, e acessível para todas as empresas, essa solução se baseia na coleta e análise de dados para decidir os direcionamentos e metas de um negócio.

Tendo como base os indicadores da empresa, estado do mercado e objetivos do negócio, a cultura data driven tem como objetivo tornar a organização focada nas demandas do mercado. Dessa forma, as escolhas são mais sólidas e confiáveis, e geram mais resultados.

Por guiarem a tomada de decisões, a análise e a narrativa de dados devem ser concentradas no entendimento dos clientes, colocando-os no centro da estratégia do negócio e trabalhando para melhorar suas experiências.

Narrativa de Dados

Comportamento do cliente

Com todos os adventos da modernidade, crescimento das redes sociais e acesso à informação, o comportamento dos consumidores mudou e a exigência aumentou. Hoje o foco dos clientes está na experiência com a empresa, e não apenas no produto que ela oferece. Por isso, é importante que a organização também foque na melhoria da jornada de compra do cliente e, consequentemente, na sua experiência.

Da mesma forma que as redes sociais mudaram o comportamento de compra e o relacionamento com as marcas, elas também podem ser ótimas fontes de informação sobre os clientes de uma empresa. Junto com pesquisas qualitativas e outras técnicas para coleta de dados, é possível entender minuciosamente o comportamento dos usuários dos produtos e serviços da organização.

Ao conhecer profundamente o comportamento dos seus clientes, o desenvolvimento do negócio e seus resultados, é mais simples fazer ajustes e tomar as melhores decisões para o crescimento da organização.

 

Contar uma história com dados

Os dados dizem o que está acontecendo, mas as histórias te guiam para entender o porquê. Uma vez que você entendeu a causa, você pode decidir como agir.

Ou seja, é necessário coletar os dados sobre o comportamento dos clientes, mas é essencial colocá-los em uma sequência para auxiliar na compreensão do contexto, e fazer conexões úteis entre cada um dos pontos levantados.

Painéis interativos são ótimas ferramentas para a análise e acompanhamento desses dados, mas a partir do momento em que você encontra o que está por trás dessas informações e decide comunicar suas descobertas para outras pessoas, você precisa mostrar para eles os porquês – então é hora de contar uma boa história.

Com uma história de dados, milhares de linhas se transformam em uma única narrativa. E fica muito mais claro entender o que acontece nos níveis mais profundos – não apenas aquilo que está na superfície. Os dados vão dizer o que está acontecendo, e a história vai esclarecer a causa.

Tão importante quanto o que já foi falado, é dizer que histórias motivam a ação. Em um mundo sobrecarregado de informações, tomar decisões informadas e acionáveis com todos os seus dados é fundamental.

Deixe uma resposta